Os 2 Primeiros Natais Dessa Trans Não-Binária

Arte criada em Rinamru Games Mega Anime Avatar Creator

Transição é uma época de transformação. Sua vida inteira é virada de cabeça para baixo e chacoalhada. Nós mudamos nossa forma de ver o mundo, de uma forma ou de outra, por um motivo ou outro. E as pessoas ao nosso redor também são afetadas pelas nossas mudanças. E a reação dessas pessoas tende a nos afetar ainda mais.

Esse foi meu primeiro ano vivendo como trans não-binária, e tudo na minha vida girou de uma forma como eu não esperava. Lágrimas rolaram, cinzas voaram no ar, lutas desnecessárias foram travadas e perdidas…

E o Natal, que era uma data de medo e ansiedade, se tornou uma data de paz de espírito. Continuar lendo

Anúncios

Trans In Games – Kirby

Esse provavelmente será o último Trans In Games do ano, e eu queria fechar o ano com uma coisa fofinha e cor de rosa. E não existe nada mais fofinhe E cor de rosa que e próprie Kirby!

Mas agora você deve estar pensando “What the fuck, Felicia? Desde quando Kirby é trans?”

Okay, você tem razão. Kirby não é trans no sentido de que recebeu um gênero no seu nascimento, mas no decorrer da sua vida se viu como sendo de um gênero diferente… ENTRETANTO, não existe maior desafio a normas de gênero no mundo dos jogos do que essa bolinha cor de rosa que gosta tanto de comer!

Possíveis Spoilers de Kirby’s Avalanche, Kirby’s Dream Land 3 e Kirby 64: The Crystal Shards (mas nada demais) a seguir~

Eu não to conseguindo evitar o sorriso enquanto faço a pesquisa pra essa matéria! Kirby é a coisinha mais fofa do mundo! Continuar lendo

The Game Awards 2015

The Game Awards é uma premiação de videogames estadunidense criada pra celebrar a industria e a forma de arte que nós tanto amamos.

Essa premiação começou ano passado, como uma resposta do jornalista (e aparentemente milionário) Geoff Keighley à ridícula premiação anual que existia nos anos anteriores chamada “spike videogame awards” que mostrava um monte de gente que não tinha nada a ver com videogames no palco falando um monte de coisas que não tem nada a ver com videogames.

Essa premiação foi criada pra celebrar. Foi criada DE gamers PARA gamers. Não é uma competição, é uma festa.

E eu digo que a festa desse ano vai ser ainda melhor do que no ano passado, pois 2015 foi um ano ótimo pra jogos. Vários jogos ótimos sairam esse ano. A nossa última E3 foi cheia de inclusividade e eu to animadíssima pra saber o que virá ano que vem.

Mas sem mais delongas, vamos ao resumo da noite: Continuar lendo

Star Wars: Lucro-front

Star Wars: Battlefront saiu só a 2 semanas atrás e eu já estou me sentindo traída. E eu ainda nem joguei o jogo, mas a sua traição tem pouco a ver com a jogabilidade ou qualidade do jogo em si. A traição vem do quanto a EA parece só querer sugar o nosso dinheirinho suado. A falta de escrúpulos da EA Games e de outras publicadoras AAA parece não conhecer limites.

Existe vários motivos pelos quais eu me sinto traída mesmo sem tê-lo jogado. Vamos tratar deles por tópicos em ordem de relevância: Continuar lendo