Sobre The Game Awards

Eu sempre me perco em relação a esses grandes eventos da indústria. Esse ano eu nem assisti nada da E3 e só fui assistir o The Game Awards uma semana depois.

Por quê? Porque esses eventos são nada mais nada menos do que propagandas de três horas onde eles só tentam vender coisas pra gente.

Todos esses homens de gravata sempre dizem a mesma coisa. “Isso é feito por vocês”. “Nossa paixão por jogos”. E todas as outras palavras vazias que eles repetem sempre a cada 6 meses. É cansativo acompanhar essa industria da forma como eles se apresentam. A ponto que a apresentação da Devolver Digital na E3 desse ano pareceu a única coisa genuína que a indústria inteira nos mostrou por todas essas três décadas de história.

Mas eles continuam vendendo do mesmo jeito, não continuam?

Eu assisti todo o The Game Awards hoje com um sorriso bobo no rosto, esperando que os jogos que eu gosto ganhassem os prêmios que eu acho que eles merecem. E rindo de todas as nomeações ridículas de Persona 5.

Eu sei que é uma lorota, mas eu compro a lorota, todo ano, de que alguma das cabeças dessa industria realmente se importa com a mídia dos jogos e não quer só vender, vender e vender. E as premiações token me animam.

“Games for change” só tá lá pra fazer sala, mas eu não deixei de vibrar quando vi que a premiação foi dada a Hellblade. Mesma coisa com o prêmio de melhor atuação.

Um homem fez uma piada com as microtransações que tem praguejado o mundo AAA esse ano, e outro mandou os Oscars se foderem e disse que a EA deu mancada com as loot boxes. E todos esses momentos pareceram extremamente genuínos.

Esse ano pareceu diferente em alguns momentos… Mas em outros me lembrou que isso tudo é só uma desculpa pra vender mais porcaria pra gente. A começar pelo fato de que o show foi parcialmente patrocinado pela tencent, que é a principal facilitadora de um dos governos ditatoriais mais perigosos do mundo. Depois, as propagandas do MC Donalds que toda vez que apareciam me vinha na cabeça “esse show promove assassinato e trabalho escravo!”.

Mas o pior foi a homenagem que fizeram ao presidente da divisão PlayStation da Sony. E tudo que ficou passando minha cabeça o tempo todo durante essa homenagem foram as estatísticas de que a Sony lucra rios de dinheiro com o trabalho escravo de crianças na África.

Eu não consigo celebrar um cara desses.

Mas por algum motivo eu continuo dançando a musiquinha do Mario Odyssey, assistindo todos os trailers, e ficando animada com outros prêmios.

É uma noite para celebrar os jogos. Mas também é uma noite pra vender placas de vídeo GTX com 50% de desconto e celebrar o capitalismo.

Eu fico feliz por todas as pessoas nervosas que sobem no palco tremendo pra receber as suas estatuetas (o cara que ganhou o prêmio de melhor jogo estudantil pedindo pra alguém contratar ele foi ótimooo). Eu fico hypada com os trailers dos jogos que ainda estão por vir. Eu fico curiosa com os jogos que ainda não conheço e ganharam uma premiação. Mas nada consegue tirar da minha cabeça de que tudo isso não passa de uma festa do capitalismo.

São enfeites e adornos de uma realidade muito mais fria. Que pode até querer celebrar a arte dos jogos, mas antes de tudo, quer celebrar o dinheiro que ela faz.

Pensar nisso me deixa bem triste. Eu queria muito simplesmente assistir o show sem pensar em nenhuma dessas problematizações. Mas eu não consigo.

Será que a celebração dos jogos só pode existir sob o contexto do capitalismo?

PS: Persona 5 concorrendo a jogo do ano… HAUEHAIHEUAHEUAHEUAHEUAHE.

PS2: Talvez eu tenha que sair do Patreon e tentar achar outro lugar onde eu possa receber o apoio de vocês por causa das novas formas de cobrar as doações. Estou aceitando recomendações de serviços alternativos. Se for acontecer aviso vocês de antemão.

Obrigada pelo apoio. E até mais!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s