Ubisoft: The Movie

Alguém aqui assistiu Assassin’s Creed? Em teoria eu assisti, mas não tenho certeza se isso funciona na prática. Esse filme não faz sentido nenhum. Assim como as práticas do mercado de videogames AAA. Esse filme parece até uma alegoria pra elas.

Eu vou ser a primeira pessoa admitir: Eu gosto de Assassin’s Creed. Assassin’s Creed é uma bosta hoje em dia, e a Ubisoft representa tudo que há de ruim na indústria AAA ocidental, mas eu gosto. Eu me divirto. Tenho uma tradição de sempre jogar o último assadinho junto com um amigo próximo meu e a gente adora cada nova entrada ruim na série.

Mas eu não posso perdoar o filme. E muito a Ubisoft.

E não se preocupem que não vai ter spoiler. Continuar lendo

Anúncios

Magia Cinematic Universe

Uma das partes mais legais do universo da Marvel – e de quadrinhos em geral – é a magia. Aqueles aspectos da realidade do quadrinho que não são, não precisam, e não devem ser explicados por scientific babble, e se encaixam bem melhor no reino da filosofia/espiritualidade/religião.

O que eu acho particularmente interessante sobre Magia Marvel, é que ela se baseia em conceitos “reais” de magia. E geralmente (não sempre, depende de autor pra autor e de qual época a gente tá falando) se mantém distante daquela coisa de todomundo ter super poderes e magia ser só uma desculpa pra quando você não tem uma desculpa. Ou então aquela putaria de mesas de Mundo das Trevas que faz parecer que todas as criaturas do universo são sobrenaturais e não existem pessoas normais de verdade.

Ah é. Spoilers de Dr. Strange a seguir: Continuar lendo

Como a Fox e a Disney estão matando meu amor pela Marvel Comics (mas eu continuo lendo igual)

Toda maldita vez que eu ouço a notícia de que logo essa bosta vai ser lançada eu tenho muita vontade de chorar:

death-of-x-cover-1

Sob a manutenção da Walt Disney Company, os quadrinhos da Marvel pareciam estar caminhando de vento em popa – com heróis e heroínas novas surgindo de todos os lados, representando uma nova geração de leitores.

Aí aconteceu Civil War II… E os quadrinhos de X-Men pós Guerras Secretas (2016). Eventos nos quais personagens os quais passamos a amar ao longo dos anos, estão sendo destruídos e descaracterizados pelas mãos dos executivos da Disney, afim de, ironicamente, promover o Universo Cinemático da Marvel.

Spoilers pra Secret Wars (2015), Captain America Steve Rogers, Civil War II, All-New Inhumans, All-New X-Men vol. 2, Extraordinary X-Men, Infinity #3 e Invincible Iron Man vol. 2 à seguir.

Continuar lendo

DCEU aos olhos de uma marvete pagã

Eu sou uma Marvete! Sempre fui uma marvete! Meus supers favoritos são o Demolidor, a Thor, o Loki, a Vampira e etc. E eu não tenho a MENOR ideia do que rola na DC.

Na minha infância eu nunca tive saco pros desenhos da Liga da Justiça, e por mais que eu gostasse do desenho dos Jovens Titãs, o desenho era COMPLETAMENTE diferente dos gibis, que eu sinceramente achava um porre. E por mais que eu goste de Batman: Begins , The Dark Knight, alguns dos desenhos antigos do batman, nada realmente me fez querer ler os gibis.

Eu tentei ler A Noite Mais Densa, Batgirl dos Novos 52, Justice League Dark, mas nada me prendeu… Nada se quer me deixou interessada, com exceção de Sandman.

E quando chegou a data de estréia de Batman Vs. Superman, o novo filme da DCEU (Dream Comics Extended Universe) dirigido por Zack Snyder, eu decidi dar uma chance nova pra esse universo de super-heróis que eu mal conheço e nunca consegui apreciar.

Spoilers de Homem de Aço, Batman vs. Superman e… Kill Bill vol.2? Continuar lendo

#GiveElsaAGirlfriend e porquê Frozen é meu filme favorito

Dia 12 de março desse ano foi confirmado que um Frozen 2 será produzido, mas ele não será lançado até 2018. Jennifer Lee e Chris Buck vão voltar pra dirigir o filme  e a Idina Meznel e Kristen Bell voltarão como Elsa e Anna.

E tudo isso é maravilhoso e coisa e tal, mas o que todomundo quer saber é: A Elsa vai vai ganhar uma namorada?!

Pequenos spoilers de Frozen, Mulan e Star Wars Episódio VII à seguir. Continuar lendo

Ubifoda-se lança pacotes de pré-compra para ingressos de Assassin’s Credo

Eu costumava gostar de Assassin’s Creed. Assassin’s Creed era bom. Assassin’s Creed 2 era muito bom. Assassin’s Creed Brotherhood era muito bom. Assassin’s Creed Revelations foi meio podre, mas Assassin’s Creed 3 foi muito bom!

E depois a Ubisoft resolveu mostrar sua cara. E pato que partiu, que cara feia. Continuar lendo

20 Mulheres ALBT fictícias que inspiram a Felicia

Okay, eu sei que faz um tempo que o dia da mulher já passou, mas, ei! Antes tarde duke nukem.

Me inspirei num texto da Clarice do Ideias em Roxo e resolvi fazer uma lista de um monte de minas fictícias que eu curto pra caramba, mas a lista ficou grande demais, então eu fiz uma lista de personagens que me inspiram, e ainda assim ela ficou longa pra caralho, então eu encurtei mais ainda pra mulheres ALBT fictícias que me inspiram!

Isso inclui mulheres cis lésbicas, assexuais e bi/pan/poli/multi/omnissexuais, mulheres trans e pessoas transfemininas de todas as sexualidades, e pessoas com gênero fluído que passam boa parte do tempo se apresentando como mulheres.

E mesmo assim a lista ficou gigantesca. São 20 mulheres divididas em 16 itens e 4 categorias. E ainda tem mensões honrosas.

Antes de prosseguirmos com a lista, alguns esclarecimentos:
Continuar lendo

Apropriação Transgênera

Falar sobre personagens transgêneras em videogames é algo extremamente complicado porque elas não existem.

A maior parte de vocês sabe que isso é provavelmente a coisa que eu mais faço nesse blog: Falar de personagens trans em jogos de videogame. Mas tirando o Krem, a Erica e a Sya, nenhuma dessas personagens é canonicamente transgênera. Na verdade eu tenho uma lista enorme de personagens das quais falar na coluna Trans In Games, mas sabem quantas dessas personagens são canonicamente trans?

Quatro…

Então porque eu falei de tantas outras personagens falando que elas são trans, sendo que elas não são canonicamente trans?

É algo que eu tenho pensado muito comigo mesma e com algumas amigas trans minhas. E acho que isso seria algo chamado de “Apropriação Transgênera”. E isso é uma coisa boa e necessária pra gente conseguir criar o nosso próprio espaço na comunidade gamer.

E se você for um homem cis vindo aqui dizendo que a gente não pode se apropriar das personagens, nem se dê ao trabalho de ler o resto. Vai fazer algo útil tipo alimentar seus bichinhos de estimação. Eles precisam de ti. A gente não. Continuar lendo

Riley é Minha Verdadeira Heroína

Esse é o primeiro post que não tem relação nenhuma com jogos e quase nada em relação a transgeneridade que eu posto no blog, mas não será o último. Eu quero falar de mais coisas aleatórias que me interessam ou me fazem pensar, e o fato de que eu me identifiquei mais com uma personagem cisgênera heterossexual do que com uma personagem trans e lésbica num seriado que fala sobre diversidade é no mínimo curioso.

(E eu acabei de descobrir como colocar gifs animados no WordPress, então, preparem-se! *-*)

Spoilers de Sense 8 a frente: Continuar lendo