Magia Cinematic Universe

Uma das partes mais legais do universo da Marvel – e de quadrinhos em geral – é a magia. Aqueles aspectos da realidade do quadrinho que não são, não precisam, e não devem ser explicados por scientific babble, e se encaixam bem melhor no reino da filosofia/espiritualidade/religião.

O que eu acho particularmente interessante sobre Magia Marvel, é que ela se baseia em conceitos “reais” de magia. E geralmente (não sempre, depende de autor pra autor e de qual época a gente tá falando) se mantém distante daquela coisa de todomundo ter super poderes e magia ser só uma desculpa pra quando você não tem uma desculpa. Ou então aquela putaria de mesas de Mundo das Trevas que faz parecer que todas as criaturas do universo são sobrenaturais e não existem pessoas normais de verdade.

Ah é. Spoilers de Dr. Strange a seguir: Continuar lendo

Anúncios

Como a Fox e a Disney estão matando meu amor pela Marvel Comics (mas eu continuo lendo igual)

Toda maldita vez que eu ouço a notícia de que logo essa bosta vai ser lançada eu tenho muita vontade de chorar:

death-of-x-cover-1

Sob a manutenção da Walt Disney Company, os quadrinhos da Marvel pareciam estar caminhando de vento em popa – com heróis e heroínas novas surgindo de todos os lados, representando uma nova geração de leitores.

Aí aconteceu Civil War II… E os quadrinhos de X-Men pós Guerras Secretas (2016). Eventos nos quais personagens os quais passamos a amar ao longo dos anos, estão sendo destruídos e descaracterizados pelas mãos dos executivos da Disney, afim de, ironicamente, promover o Universo Cinemático da Marvel.

Spoilers pra Secret Wars (2015), Captain America Steve Rogers, Civil War II, All-New Inhumans, All-New X-Men vol. 2, Extraordinary X-Men, Infinity #3 e Invincible Iron Man vol. 2 à seguir.

Continuar lendo

DCEU aos olhos de uma marvete pagã

Eu sou uma Marvete! Sempre fui uma marvete! Meus supers favoritos são o Demolidor, a Thor, o Loki, a Vampira e etc. E eu não tenho a MENOR ideia do que rola na DC.

Na minha infância eu nunca tive saco pros desenhos da Liga da Justiça, e por mais que eu gostasse do desenho dos Jovens Titãs, o desenho era COMPLETAMENTE diferente dos gibis, que eu sinceramente achava um porre. E por mais que eu goste de Batman: Begins , The Dark Knight, alguns dos desenhos antigos do batman, nada realmente me fez querer ler os gibis.

Eu tentei ler A Noite Mais Densa, Batgirl dos Novos 52, Justice League Dark, mas nada me prendeu… Nada se quer me deixou interessada, com exceção de Sandman.

E quando chegou a data de estréia de Batman Vs. Superman, o novo filme da DCEU (Dream Comics Extended Universe) dirigido por Zack Snyder, eu decidi dar uma chance nova pra esse universo de super-heróis que eu mal conheço e nunca consegui apreciar.

Spoilers de Homem de Aço, Batman vs. Superman e… Kill Bill vol.2? Continuar lendo

20 Mulheres ALBT fictícias que inspiram a Felicia

Okay, eu sei que faz um tempo que o dia da mulher já passou, mas, ei! Antes tarde duke nukem.

Me inspirei num texto da Clarice do Ideias em Roxo e resolvi fazer uma lista de um monte de minas fictícias que eu curto pra caramba, mas a lista ficou grande demais, então eu fiz uma lista de personagens que me inspiram, e ainda assim ela ficou longa pra caralho, então eu encurtei mais ainda pra mulheres ALBT fictícias que me inspiram!

Isso inclui mulheres cis lésbicas, assexuais e bi/pan/poli/multi/omnissexuais, mulheres trans e pessoas transfemininas de todas as sexualidades, e pessoas com gênero fluído que passam boa parte do tempo se apresentando como mulheres.

E mesmo assim a lista ficou gigantesca. São 20 mulheres divididas em 16 itens e 4 categorias. E ainda tem mensões honrosas.

Antes de prosseguirmos com a lista, alguns esclarecimentos:
Continuar lendo

Trans In Games – Dragon Age – Maevaris Tilani

Aproveitando o climão de Dragon Age, eu resolvi falar sobre uma das personagens mais lindas da história da fantasia medieval. E também uma das poucas personagens no mundo dos jogos eletrônicos que é canonicamente trans.

CUIDADO, pois esse post contém spoilers de Dragon Age: Those Who Speak, Dragon Age: Until We Sleep, Dragon Age: Inquisition, Dragon Age: Inquisition: Trespasser  e…. Sense 8? Pois é.

Eu já falei dela em outro artigo (que eu recomendo que leiam antes de ler esse), mas agora eu quero entrar em mais detalhes sobre a vida, a magia e a beleza de… Continuar lendo

Trans In Games – Dragon Age: Inquisition – Krem

Hoje nós vamos falar de: Meninos!

Ou melhor, homens.

Ou melhor, um homem muito específico.

Um homem que só de eu ver aqueles pixels perfeitos formando a mandíbula mais sexy do mundo e ouvir aquela voz de anjos guerreiros descendo para a Terra em proclamação de divindade já fico – sem eufemismos aqui – toda molhada.

E além desse homem ser a coisa mais sexy que já saiu de um videogame, ele é o primeiro homem trans a ser tratado com respeito e sem qualquer tipo de apagamento dentro de um videogame AAA.

Spoilers de Dragon Age: Inquisition (e em menor grau de DA: Origins, DA2, e da HQ, DA: Those Who Speak) à frente!

Muita gente nessa indústria tem o que aprender com Dragon Age e com… Continuar lendo